-

Aba 1

Postado em 01 de Novembro de 2018 às 14h22

Nova Plataforma de Cobrança estabelece o registro para boletos a partir de R$ 0,01

A partir do último sábado (27/10), os boletos com valor maior ou igual a R$ 0,01 devem estar registrados na Nova Plataforma (NPC). Foi uma iniciativa da rede bancária para modernizar esse processo, com mais controle e segurança gerando confiabilidade aos usuários.

Essa é a última etapa da implementação do sistema. Na fase anterior, a rede bancária deixou de aceitar os boletos de valor igual ou acima de R$ 100 que não estivessem cadastrados na base do sistema. A última etapa da implementação englobará os boletos de pagamento de cartão de crédito e de doações, que deverão estar registrados na Nova Plataforma até 10 de novembro.

Uma das principais vantagens é de que, agora os boletos vencidos que estiverem registrados na Nova Plataforma de Cobrança poderão ser pagos em qualquer agência bancária ou canal de atendimento sem precisar emitir uma segunda via, desde que esteja dentro da data limite estabelecida pela empresa emissora. Com isso a duplicidade de pagamentos e fraudes será diminuída.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), se os boletos não estiverem cadastrados na base do novo sistema, os bancos irão recusá-los. Se isso acontecer, o pagador deve procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito ou solicitar o cadastramento do título.

Veja também

DEPÓSITO SEM ORIGEM COMPROVADA GERA TRIBUTAÇÃO POR OMISSÃO DE RECEITA22/02/19 Foi publicado, em 05/02/2019, no site do CARF, o acórdão de nº 2201-004.936, relativo ao processo de nº 10384.004344/2005-05. Nele é abordada situação em que se presume omissão de rendimentos. A legislação, que produz efeitos desde 1997, prevê em linhas gerais que o recebimento de depósitos bancários cuja origem não......
IR 2021: COMEÇOU A ENTREGA DO IMPOSTO DE RENDA; VEJA PRAZOS E LOTES DE RESTITUIÇÃO02/03 Nesta segunda-feira (1º), às 8h, começou o prazo para declaração do imposto de renda 2021, ano-base 2020. O envio da documentação pode ser feito até 23h59 do dia 30 de abril. Neste ano, não haverá prorrogação da data de entrega, como aconteceu em 2020, devido......

Voltar para Notícias