-

Aba 1

Postado em 08 de Junho de 2020 às 13h34

RECEITA RECEBEU POUCO MAIS DE 17 MILHÕES DE DECLARAÇÕES DO IRPF 2020, FALTANDO MENOS DE UM MÊS PARA O FINAL DO PRAZO


A Receita recebeu, até às 16:00h do dia 04/06 17.125.271 milhões de declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física/2020 . Esse número representa pouco mais da metade da expectativa de entrega que é de 32 milhões de documentos.

O Supervisor Nacional do IR, Joaquim Adir alerta para que o contribuinte não deixe a entrega da declaração para os últimos dias. ?É importante que o declarante junte a documentação e comece o preenchimento para o envio, a fim de se evitar atropelos de última hora, já que muitas dúvidas surgem nesse momento. Adir destaca ainda que o quanto antes a declaração for regularmente enviada, mais rápido será o processamento e a restituição.

Quais contribuintes precisam fazer a declaração?
? Pessoas que receberam renda tributável (salário, por exemplo), de janeiro a dezembro de 2019, maior que R$ 28.559,70;
?. Os que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019;
?. Os que, até o último dia do ano de 2019, tinham posses somadas com valor superior a R$ 300 mil;
? Pessoas que alcançaram receita bruta acima de R$ 142.798,50 em atividades rurais;
? Cidadãos que passaram a morar no Brasil em qualquer mês do ano de 2019;
? Contribuintes que receberam rendimentos isentos acima de R$ 40.000;
?. Os que tiveram, em qualquer mês de 2019, um ganho de capital na venda de bens ou realizaram operações na Bolsa de Valores;
? Contribuintes que optaram pela isenção de imposto na venda de um imóvel residencial para comprar outro dentro de 180 dias;
Caso se adeque em qualquer uma desses critérios, as dicas para realizar sozinho a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física são as seguintes:

?. Reunir documentos necessários
É necessário reunir os documentos com comprovações de gastos dedutíveis, como os de despesas com saúde, educação e impostos.
Além de documentos dos bens e imóveis em nome do contribuinte. É preciso, ainda, recolher comprovantes anuais de rendimentos e o CPF e CNPJ de dependentes e fontes pagadoras.
Solicite o informe de rendimentos nas empresas em que trabalhou ao longo de 2019 e o extrato do IR dos bancos que possui conta, o que é possível fazer através da internet banking.

Fonte: RFB.

Veja também

Cuidados e tributação - Empréstimo entre sociedades e sócios24/08/18 Operações de empréstimo entre sócios, pessoas físicas e jurídicas, para a sociedade são muito comuns, no entanto, é imprescindível que as partes elaborem um contrato que contenha as informações do empréstimo, como o valor do mútuo, a qualificação das partes, o prazo de devolução, dentre outra......
Adicional Noturno: Entenda como é feito o calculo23/07/19 O trabalho noturno é aquele compreendido entre às 22h e às 5h da manhã seguinte. Portanto, todo colaborador urbano que trabalhe ou faça hora extra neste período deve receber o adicional noturno. Para o colaborador......

Voltar para Notícias